1.10.06

As pernas da mesa no IKEA

Há quase 1 mês atrás, comprei armário, cama e uma tábua de mesa no IKEA. Para quem não conhece, o IKEA é algo como uma Tok- Stok, de artigos para casa, mas com preços bem acessíveis. Você não compra as peças inteiras: você anota o código de cada item que compõe o artigo que quer comprar e o busca diretamente no estoque.

De fato, eu ia comprar apenas a cama e o armário. Eu havia gostado da mesa: mesa amarela, em formato de ovo. Mas um pequeno detalhe me fez desistir: as pernas, vendidas separadamente, estavam em falta.

O vendedor me convenceu a levar a tábua e a buscar as pernas mais tarde: com isso atingiria o valor a partir do qual a entrega seria gratuita. Bom negócio: a entrega é praticamente o preço da mesa. Levei a tábua da mesa sem as pernas.

O vendedor me recomendou: “a perna deve chegar no meio da semana que vem”. Beleza. Fui na loja no final-de-semana. Que bela notícia: “as pernas chegaram, mas já esgotaram mais uma vez. Volte aqui daqui a 2 semanas.”

Voltei a ligar no IKEA nesta semana. As pernas voltaram a chegar e voltaram a acabar. Eu não sei que raios de gente compra tanta perna de mesa assim, mas suspeito de uma estupidez do próprio IKEA: eles têm mais tábuas de mesas do que pernas no estoque, proporcionando assim um previsível desgosto para seus clientes, que terão que disputar à tapa as perninhas para as suas tábuas de mesa.

Resumo da ópera: agora a atendente disse que as pernas chegarão apenas dentro de um mês. Eles não fazem reserva. Deram-me o telefone da loja de Abu-Dhabi, mas já me avisaram: “durante o Ramadã, a loja de lá só abre das 7h ao meio-dia.”

Eu estava quase ligando, e já pesquisando como fazer pra ir pra Abu-Dhabi (150 km daqui), mas agora que me toquei: por que EU é que tenho que ter essa DOR-DE-CABEÇA? Hoje estou decidido a resolver meus problemas: vou escrever a porcaria da carta para o hotel, depois vou pegar a tábua da mesa e ir até o IKEA. Quero meu dinheiro de volta.

Mais uma experiência extremamente frustrante em Dubai. Eu ainda me pergunto por que é que tudo aqui precisa ser resolvido no grito. Isso me causa um mal-estar terrível, creio que nunca vou me acostumar com isso.

5 comentários:

Mark disse...

acho que o povo daí coloca uns 6 pés em cada mesa, por isso fica faltando... mas só tem UM tipo de pé? não tem outras opções??

veri disse...

Os dubaianos são descendentes de portugueses?

Cláudio Maesi disse...

Cara... mesa amarela, oval... hummm... parece uma prancha de surf... pô... vai pegar uma ondas...


urrrruuuuuu!!!!

[]s

iglou disse...

Sim, esse é o jeito IKEA de ser. Todo mundo reclama da qualidade dos produtos, mas volta lá pra comprar as coisas, por causa do preço...

Danilo disse...

Luisão,

IKEA é uma rede que foi criado por um suéco que ainda está vivo (deve ter os seus 80 e poucos anos).

O princípio da IKEA é se aproveitar ao máximo da globalização: copos são produzidos na turquia ou na rússia, outras coisas na china, efim os artigos são feitos onde se pode negociar o melhor preço, o resto é logística.

Te recomendo mandar um e-mail para o a IKEA central (acho que é a de Estocolmo) com cópia para a IKEA de Dubai, talvez assim os caras sejam pressionados. Te garanto que o dono da IKEA na suécia ficaria muito puto de saber deste lance (o cara é perfeccionista e muito honesto).

Abraço