17.9.06

Salve, simpatia...


- Radisson Hotel, boa tarde, como posso te ajudar?
- Olá, eu vi uma propaganda de uma festa chamada Favela Chic!, com músicas brasileiras, e fiquei interessado. Eu vi que é preciso se vestir de branco e que é apenas para quem está na lista de convidados, correto?
- Correto.
- E qual o preço da entrada?
- Senhor, não é cobrado nada na entrada, mas é preciso ter o nome na lista.
- Nossa, que legal. E como faço para colocar meu nome na lista?
- Senhor... hmmm... você recebeu o SMS do barman?
- Ah, é uma festa privada? Tudo bem, desculpe-me...
- Não senhor, a festa não é privada, mas para entrar, precisa receber um convite do barman.
- E como eu falo com o barman? Olha, eu sou brasileiro e fiquei interessado em ir nesta festa brasileira.
- Passe-me seu nome e telefone que eu passo para o barman. Se ele te enviar um SMS de resposta, seu nome foi confirmado na lista.

Não recebi o SMS, portanto, não fui na festa. Salve simpatia. Festa brasileira sim, brasileiros não.

3 comentários:

Flávio disse...

Já pensou se tocasse um forrozinho lá Luisão? Dava para dar umas aulinhas...
Abraços, se cuida, Flávio.

veri disse...

Já posso imaginar as mulatas dançando samba e todo mundo falando Pelé ou Ronaldinho.
Sensacional.

Eduardo Veras disse...

Cara, na verdade eh o seguinte essa festa, um DJ alemão tocando algumas músicas brasileiras,não muitas, pois a medida que vai anoitecendo, ele muda pra eletrônicas nada a ver com nosso país!O ambiente e repleto de gringos (se bem que aqui tb somos gringos) e o branco nao e necessariamente obrigatorio, embora a maioria use!Acho que o maximo de brasileiros que ja teve la foi uma noite em que fomos num grupo de 15, e olhe lá..