12.1.07

Sheik Luís responde

X. deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Sheik Luís responde":

olá sheik Luís.. Eu, X., tenho um grande sonho, mas não tenho como realizá-lo. Quero me formar em médica, montar meu consultório e ter condições para estudar e fazer especializações fora do Brasil, pois, acredito que o conhecimento e o aperfeiçoamento é fundamental para o exercício satisfatório da medicina, além da segurança e bem-estar que é passado ao paciente quando se está inteirado em tempo record da utilização de técnicas novas, lançadas pela ciência, cuja finalidade, muitas vezes, é abrandar o sofrimento de um tratamento dolorido e repleto de incômodos, objetivando o êxito em tal procedimento ou quiçá a concretização de sua cura. Não tenho condições. Vivo com minha mãe, ainda desempregada, pois meu pai me abandonou ainda neném. O dinheiro que eu ganho não dá para pagar a faculdade ou sequer um curso de inglês, pois, tudo aqui é muito caro. Recentemente, coloquei uma carta no correio, aqui para o Rio de Janeiro, pedindo ao Papai Noel que encontrasse para mim uma empresa ou pessoa de situação estável que pudesse me ajudar a realizar este sonho. Tenho muitos planos, mas preciso de dinheiro para realizá-los e por isso peço a sua colaboração para que eu, de grão em grão, chegue ao total de R$ 1.000.000,00 (hum milhão de reais) e finalmente possa tranquilamente fazer o meu curso de medicina, meu curso de inglês, comprar meu consultório, fazer minha especialização no exterior e continuar estudando pelo resto de meus dias, voltada para pesquisas em prol do bem-estar humano. Por favor, grande Senhor, não me deixe sem resposta. Sei que não é difícil quando se tem o grau do seu conhecimento, basta que o Senhor peça aos empresários amigos esse auxílio e não vai ficar difícil para ninguém atender um pedido seu. PRECISO MUITO DE SUA AJUDA. SEJA MEU PADRINHO E ME AJUDE A CONCRETIZAR ESSE SONHO. Caso queira comprovar a minha difícil situação, certamente o senhor terá os meios adequados para isso e verá que não se trata de nenhuma mentira ou aproveitamento ilícito. Apenas rogo sua ajuda, pois não tenho a quem recorrer. Meu nome: X Endereço: XXXX ...


Olá X.!

Então você quer hum milhão de reais, hein?! Sei. Para estudar medicina. Hmm. Você é de Bonsucesso, mas sua tentativa de extorquir o Sheik foi um malogro.

Você irritou o Sheik. Quer dizer que interrompo minha viagem de férias com meus camelos no deserto para ler isso?! Penso que nem um passeio de uma semana pelo golfo em um de meus iates com as mais ninfomaníacas de minhas concumbinas fariam me esquecer de tanta bobagem.

Você se esqueceu que os árabes possuem narizes enormes, adaptados naturalmente pela seleção natural, para sentir de longe o cheiro da trapaça. E o cheiro que sinto agora me diz que você está tão preocupada com o bem-estar humano quanto a Coca-cola com a sede do mundo, ou o sr. Bush com a democracia no Iraque.

Vou te dar uma dica: nem tudo o dinheiro compra, nem tudo cai do céu, e poucas coisas o acaso resolve sozinho. A raça humana não pisou na Lua por acaso, e só os ingênuos acreditam que foi por acaso ou engano que os portugueses chegaram com suas caravelas em terras brasilis. Se você quer que algo aconteça, tem que primeiro, querer muito. Em segundo lugar, trabalhar bastante, suar a camisa mesmo. Se hoje não tenho mais pêlos no ânus (dos quais tanto me orgulhava), é porque passei 40 dias e 40 noites no deserto, bebendo leite de camela e limpando meu traseiro com areia das dunas, concentrado em meus estudos de matemática e português. Mas alcancei meu objetivo e hoje sou - além de Sheik - engenheiro, aclamado por meu assombrosos conhecimentos matemáticos (até hoje não compreendo a comoção das pessoas quando provo que 0 < 1. É tão óbvio!). Então estude, minha filha. Mas estude bastante! Compre um chicote e se auto-flagele e depois bata a cabeça na quina da mesa de tanto estudar.

Fico aqui na torcida para que o Papai Noel responda a sua carta e que você alcance o seu objetivo. Digo, de se formar em medicina, é claro.

Beijos e abraços de um Sheik indignado.

(Nota 29/05/2011: a pedido, referencias apagadas)

3 comentários:

Gnomalo disse...

Nossa...
Sem comentários.

Edson Takao disse...

Excelentíssimo Senhor Sheik Luís,
Por favor perdoe esta pobre criatura.
Não tenha tanto ódio em seu coração.
Lembre-se de como foi difícil juntar o seu primeiro milhão.

Anônimo disse...

O que se poderia esperar, alem disso, de alguem do RJ?