29.8.06

Da série "o preço das coisas" ou "Como economizar em Dubai"

Já devo ter dito antes que aqui em Dubai pode-se encontrar tudo o que se deseja. Tudo, de qualquer parte do mundo. O que talvez não tenha dito é que certas coisas não são tão baratas, e que manter certos hábitos que no Brasil são corriqueiros pode representar um aumento de até 100 % em determinados gastos diários.

Tomemos como exemplo meu almoço de hoje: um lanche vegetariano, 15 dhs. Para beber, água mineral, 3 dhs. Ao final, pedi um tradicional café expresso. Chega a conta: 26 dhs. Isso mesmo: o café custou 8 dhs, ou seja, mais da metade do preço de meu lanche! Olho o cardápio: custou 8 dhs porque é o curto. Se fosse médio custaria 9 dhs e um Espresso Sfizioso (seja lá o que for) custa 12 dhs, quase o preço do lanche.

Tudo bem que não é qualquer café: pode-se escolher entre o Jamaican Blue Mountain, o Colombian Medellin Supreme, Brazilian Santos, Kenyan AA Washed, ou o Decaffinated. Qualquer hora tomo esse queniano para ver qual é que é.

Vamos mais além: vejam só o que dá para fazer se durante um mes, ao final de cada almoço no trabalho, eu não tomar o café e guardar esses 8 dhs:

8 * 22 = 176 dhs

No primeiro dia do mes seguinte, depois do almoço, voce pega o dinheiro do café, junta com os 176 dhs e compra uma cafeteira expressa, e ainda leva de brinde uma torradeira. Um espetáculo! E ainda sobra uns 5 dhs, para comprar xícaras e pão para torrar.

4 comentários:

Omar disse...

Pô, será que algum deles é daqueles feitos com grãos de café defecados por uma espécie de gato selvagem? Sério! Existe algo assim... E é caríssimo!
Abraços, Luisão!
Adorei teu blog e tô acompanhando diariamente!

Santiago disse...

Que isso, Luisão?! Saudades do Paulão, é?! Hehe
Muito boa a idéia do blog. Continue escrevendo que tá bem legal!
Grande abraço e boa sorte!

luddista disse...

Pô mano, será que vamos ter que mandar uns pacotes brazilian santos então?

brasileiro burro disse...

beleza, vc compra a cafeteira, mas nao é O CAFÉ que é caro? :p