1.12.07

É proibido dançar

Então você, brasileiro, inglês "the book is on the table", que não perde uma feijoada com pagode na casa do Jojó, quer vir para Dubai, hein? Porque Dubai é legal, é a terra dos endinheirados, não é?

Sim, leitor, estou falando com você, que não sabe mais do que o refrão do hino nacional (aux aaaaaarmes citoyens!) mas jamais esqueceria a letra do Pagode da Madalena ("Madalena, Madaleeeena, vooooocê é meu bem querer...."). Então me diga o que você, forrozeiro, sambista, micaretista (especializado em qualquer dança onde haja mulheres) acha dessa aqui:




O que, leitor? Seu inglês é um "cocô" e você não entendeu? Tá bom, tá bom. Ele diz algo mais ou menos assim:


NOTA

Caro hóspede,

Por favor esteja ciente de que devido às novas regras do

DEPARTAMENTO DE MARKETING PARA O TURISMO E COMÉRCIO DE DUBAI

NENHUMA DANÇA É PERMITIDA EM BARES EM ÁREAS ABERTAS E CLUBES NOTURNOS
Em respeito a isto, pedimos sua gentil colaboração e compreensão.

Perdão pelo inconveniente.



Não estamos falando de Arábia Saudita, não estamos falando de proibição a cigarros. Estamos falando de proibição ao ato de dançar em Dubai. Isso mesmo! Dubai, a terra dos endinheirados!

Que me desculpem os fumantes: fumaça de cigarro em locais fechados não apenas incomoda, mas prejudica a saúde de terceiros, fumantes ou não, presentes no recinto. Proibir, assim, o seu consumo em locais fechados é algo razoável, justificável como um problema de saúde pública, tal qual a licença de trabalho a portadores de doença altamente contagiosa como pneumonia, tuberculose.

Mas é compreensível: dança é algo contagioso. Você vê, e quer aprender a dançar. Dança é algo perigoso. Dançando, o já temível e execrável bicho "solteiro" (que por si só, já pratica o crime de "existir") corre o sério risco de cometer outro crime: sentir-se atraído pela companheira de dança. Pensando bem, algo perfeitamente plausível esta proibição.

É isso aí, leitor. Você se adaptaria? Isso também é Dubai. Dubai Futebol Clube.

3 comentários:

Gnomo disse...

Acho que nessa você dançou feio...

Mark disse...

ê saudade da cooperativa brasil, hein! hehehe

Luis Augusto disse...

Excelente artigo chará!.

Fiquei impressionado com a cultura e as regras de respeito alheio.

Muito bom isso ai!, o Brasil um dia chega neste nível de respeito!.

Eu estou a trabalho no Rio de Janeiro e devo estar na capital mundial do desrepeito as leis a ao próximo.

Um abraço.

Luis Augusto