11.12.07

Consulado do Irã

No site, diz: "ao lado do Iranian Hospital (...)". Iranian Hospital é por assim dizer um complexo hospitalar decorado de mosaicos de azulejo com inscrições em árabe. Ou será em farsi? O alfabeto é o mesmo, com algumas letrinhas a mais. Provavelmente, são versos do Corão. De um lado da Al Wasl Road, o Hospital. Do outro, uma mesquita feminina, interligados por uma passarela.

- Onde é o consulado?
- Mais a frente, sir!

Se fosse verão, eu estaria perdido. Ou melhor: molhado. É nessas horas que se lembra de como é bom o inverno, esse tenebroso frio de congelantes 26 graus. Brrr. No verão, não dá nem pra considerar andar um quarteirão longo desses se o objetivo é chegar ao destino final "apresentável".

Prédio bonito esse do consulado. Dentro dele, tudo em árabe (ou farsi), com algumas palavrinhas em inglês, não mais que o essencial: information, counter, visa, exit. Fotos de barbudos pelas paredes. Gente fedida cortando fila, como de praxe em Dubai.

Chega minha vez. Para eu falar com o rapaz que está do outro lado do vidro eu tenho que abaixar pra falar pelo buraquinho:

- Oi! Eu vi no site que brasileiros têm visto automático no aeroporto para 7 dias. Mas eu comprei uma passagem em uma promoção da Emirates e gostaria de saber se...

- Filled form, photo and passport, please!

- Mas eu gostari...

- You get the form in the counter.

- Tá bom. Está aqui esta merda de formulário já preenchido. Vai. Pega aí, seu grosso.

- Why are you going there?


- Turismo.

- Do you have friends in Teheran?

- Não. Mas eu conheço uma iraniana aqui em Dubai que se chama Golnaz. Que nome!

- When do you go?

- Eu vou no dia tal.

- For how long?

- Eu volto no dia ta...

- FOR HOW LOONG?

- Estúpido. (1,2,3..)... hmmm... 12 dias.

Ele folheia o passaporte e franze a testa:

- But I cannot give you a visa for more than 7 days... - ele continua folheando o passaporte - hmmm... you are resident in UAE!

- Claro, oras! Sou sheik, porra. Vamos resolver logo esta merda que já estou atrasado.

O rapaz rabisca um número em algarismos árabes e diz:

- Counter, then back here.

275 dirhams. É o preço de um tênis "de marca" (ainda bem que os sheiks usam sandálias). Volto ele ele me entrega um selinho porco escrito: "volte em 3 dias". Simples demais. Deve ter algo errado. Ele nem ficou com a cópia da passagem.

- Meu senhor, você não quer a cópia da passagem?

Do outro lado do vidro, ele me olha, rabisca "110 dirhams" em outro papel e diz:

- Counter!

Fiquei parado com meu novo troféu a minha frente. O iraniano ao lado riu e explicou: "Você tem urgência em viajar? Isto é só para o caso de você precisar com urgência do visto. Pagando isso, sai em 24h!".

Ah bom, não tenho pressa. 3 dias depois, estava lá meu passaporte com um novo papelzinho colado: "visto para 15 dias".

Resumindo

Visto para o Irã:

Para brasileiros, visto de 7 dias que pode ser comprado direto no aeroporto Iman Khomeini em Teerã.

Período superior a 7 dias: se você é residente em Dubai, vá até o Consulado Geral do Irã, na Al Wasl Road.

Preço: 275 dirhams por visto de 15 dias (sai em 3 dias). Adicionar mais 110 dirhams em caso de urgência (sai em 24h).

Um comentário:

Aiatolá Eduardo disse...

A minha experiência pareceu menos traumática... acho que o cara do guichê era mais legal. Ele até resolveu ficar com a minha cópia da passagem pra ele.