27.1.08

A vidente turca

Água quente diretamente sobre café e cardamomo: café turco é assim, ou assim o é o café que se consome por estas paragens.

Depois de bebido, sobra no fundo da chaleira (ou cafeteira?) um barro marrom escuro: a borra do café. Segundo as turcas, é ali que está escrito o futuro.

E foi assim que o viajante recebeu notícias do próximo país ao sair da Turquia:

"eu vejo em seu caminho uma mulher grávida. Isso não lhe causará
problema algum, a não ser que você a procure algum dia. Neste caso, estes serão os maiores de sua vida."


E o viajante seguiu viagem.

4 comentários:

Dú por acaso tio de um Sheik! disse...

Caro Sheik Luis, desculpe meu excesso de realismo, mas não acredito nessa "história" (mais para estória) de leitura em borra de café...se assim fosse imagino quantos cafés já tomei e quando de meu futuro (já passado) perdi em prever. Mas vamos jogar um pouco de lenha nesta fogueira, seria este viajante um determinado Sheik? Pois são eles que volta e meia andam viajando! Não seria esta vidente turca, a própria genitora do herdeiro do Sheik? Desesperada em sua última tentativa de prender um Sheik em outro país? Bem, as respostas ficam para o futuro...Quiçá, esta seja mesmo única verdade de uma vidente! Se verdade for, quero conhecer o(a) descendente entre uma vidente e um Sheik.

Anônimo disse...

É incrível! Fantástico! Extraordinário! O Sheik é vidente! Estaria a caminho o 1º descendente da família desse próprio Sheik? Mas, os avós não poderão preparar o enxovalzinho para o sheikinho...
Pois, se o Sheik for procurar pelo seu descendente, ah! Daí então os avós não terão o sheikinho e muito menos o Sheikão. Kão? Papel de cão esse do Sheikão hein?

Aiatolá Eduardo disse...

Credo, até parece que esse último comentário foi escrito por mim!

Mas nào aceite imitações. Aiatolá Eduardo só tem um, e ele assina todas as suas mensagens.

Anônimo disse...

Coitadinho do Sheik.......

Ele só é uma pessoa solidária.....
Não o interpretem mal......
Gente fina, de coração muito bom...