6.2.07

No café

Ele olha para a máquina de bebidas e diz:

- Não sei, não sei… minha garota... não sei como vai ficar…
- Namorada?
- É... kind of...

Dou-lhe um tapinha tranqüilizador no ombro:

- Relaxa, rapaz. Ela vai encontrar um cara legal em seu país…
- Ei, não diga isso! Não brinca…
- E quem disse que estou brincando? É sério, todas encontram…

Silêncio, até que o português Miguel, completa:

- Ou uma gaja.
- Oh não! Ela com uma garota…

Agora ele olha pela vidraça para o deserto e ri sozinho, sem se dar conta que, para ele, o resultado seria o mesmo.

Um comentário:

veri disse...

Resultado prático?