21.11.06

Jantar indiano em Al Karama







Foi necessária a vinda do Pramod, indiano de Chennai que mora em Praga, para conhecermos os melhores restaurantes indianos de Dubai. Eles ficam em Al Karama, um bairro indiano aqui Dubai, esta cidade aqui dos Emirados Indianos Unidos, como o próprio Pramod definiu...

O restaurante em que comemos se chama SARAVANAA BHAVAN, o Mc Donalds indiano, com filiais em várias partes do mundo.

Os pratos são muito saborosos, mas o único nome que me lembro é de um prato chamado Parata. Faz juz ao nome: é baratinho, baratinho. Você come, come, come, vomita, come mais um pouco e a conta da mesa sai pelo mesmo preço de um pratinho de comida chulé para uma pessoa em um dos restaurantes finos da cidade. E o sucão de amêndoas com cardamomo? Muito bom!

O único problema é a pimenta. "Pode comer tranquilo que pedi coisas sem pimenta". Eu fico aqui imaginando o que é um prato picante então...

Com o Pramod, aprendemos também que as pessoas do norte da Índia tem a pele mais clara, e as do sul, mais escura. Independente da tonalidade da pele, todos usam bigode: é um símbolo de virilidade por lá.

Aprendemos também que as pessoas da etnia Sikh são obrigados pela religião a usar o turbante (que possui todo um ritual para ser montado), barba, e a carregar sempre uma pequena espada, do tamanho de uma faca. Segundo ele, a necessidade desta espada-faca remonta os tempos em que haviam tigres na região. Sikh que é Sikh não usa arma-de-fogo: assusta tigre com uma mini-espada!

Mas o Pramod também falou umas mentiras: falou que o supermercado mais barato de Dubai é da rede filipina Lulu. Pô Pramod, que mintira! Todo mundo sabe que não há nada mais barato aqui que o Carrefour e o Géant. Impossível!

It was needed Pramod, an Indian guy from Chennai that lives in Praga, to come here so we could know the best Indian restaurants of Dubai. They are located at Al Karama, a Indian neighbourhood here, in this city of the United Indian Emirates, as the same Pramod defined...

The restaurant where we ate is called SARAVANAA BHAVAN, the Indian Mc Donalds, with branches all over the world.

Dishes are very tasty, but the only name that I remember is of one called Parata. In Portuguese, it means cheap, and it deserves this name: everything is really cheap. You eat, eat, eat, come out, eat a bit more and all the bill comes for less than a small dish in one of the poch restaurants of the city. And what about that juice of almonds and cardamome? Really good!

The only point is the pepper. "You can eat relaxed that I asked just non-spicy food". I stay here imagining what kind of burn means a spicy so...

With Pramod, we also learnt that people from the North of India has a brighter skin, whilst those from the south are darker. Independently of skin tone, all of them uses mustache: it's a virility simbol there.

We learnt as well that Sikh people are obliged by their religion to use a turban (it has a ritual to be followed to do it), bear, and also they must carry a small knife-sized sword. He says this last need came from the existence in the past of tigers in their region. A real Sikh doesn't use a gun: scares tigers with a mini-sword!

But Pramod said some lies too: he said that the less expensive supermarket of Dubai is from a filipino network called Lulu. Come on, Pramod! Everybody knows there is nothing less expensive than Carrefour or Géant. Impossible!



Thank you so much, Mr. Pramod!

Um comentário:

Carlos Eduardo Zorzin disse...

Ahahahaha!!! Que legal ver o Pramod aí com vocês!

Realmente, a comida indiana é muito saborosa. Os meus pratos favoritos são o Vindaloo e o Thali.

Também foi através do Pramod que conheci o melhor restaurante indiano vegetariano de Praga, o Beas (http://www.beas-dhaba.cz/)