1.11.06

Euforia tecnológica: vídeo-conferência no celular

Começaram os testes finais para a entrada da empresa em operação, e assim, acabo de ganhar um brinquedo novo: celular de terceira geração (3 G).

Brinquedinho interessante: na falta de uma, ele tem duas câmeras, que tiram fotos e fazem vídeos. A qualidade da foto não é lá essas coisas, mas é de 1.3 Mpixels (a do chefe é de 3.2!!!). Conecto a criança com meu notebook através de uma conexão bluetooth, transfiro alguns arquivos e quando vejo, estou lendo arquivos .pdf, documentos Word e planilhas Excel no celular. Transfiro algumas musiquinhas, e agora ouço mp3 também.

Resolvo ligar para o chefe. O brinquedinho novo me pergunta: "Você quer fazer uma chamada de voz ou de vídeo?". Ainda meio descrente, apertei a opção "vídeo". Euforia geral: não é que apareceu o chefe ali do outro lado mesmo?! Funciona!

Passada a euforia, lembro que a novidade já chega um pouco ultrapassada: o mesmo efeito já pode ser obtido com uma tecnologia muito mais simples - usar MSN, Yahoo! ou Skype a partir de um Palm ou notebook com conexão sem fio wi-fi. Só que a área de uso é restrita a recintos fechados. Existem projetos de redes públicas de internet sem-fio (WiMax) mas que estão sendo barrados ao máximo pelas operadoras de telecomunicações (por motivos óbvios: se isso se torna realidade, ninguém mais usa o telefone ou celular, vai ser tudo via messenger ou voz sobre IP).

Enquanto o WiMax não se torna realidade, saio andando pela rua fazendo vídeo-conferência no celular, só pra ver se funciona.

2 comentários:

Lana disse...

Jetsons!

Danilo disse...

Cara.. me mande o nome das musicas do senegal que tu cantou no celular pro meu amigo.

Abrass...