10.10.08

Drogas em Dubai?

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Ultimato para as "shared villas" em Dubai":

Sheik,

tenho uma pergunta da maior seriedade e espero que você posa me ajudar.
Estou me recuperando de uma dependência de cocaína e tive uma oferta de trabalho em Dubai (em um Hotel - Head Waiter). Como são as coisas em termos de drogas em Dubai? O risco de envolvimento com drogas é alto? Com Álcool eu já sei que terei de me segurar (da mesma forma que faço por aqui) mas me preocupo com as outras substâncias. Não estou fazendo piada, entenda por que não assino este post. Por favor me dê uma luz.
Obrigado


Postado por Anônimo no blog Dubai F. C. em Sexta-feira, 10 Outubro, 2008

Caro Anônimo,

Dubai tem muita luz, especialmente no verão.

Sobre a cocaína, eu acho que você pode ficar tranqüilo, Dubai será um bom lugar para você se desintoxicar. A legislação é bem dura para quem entra com drogas, o que faz com que o consumo seja no mínimo muito discreto.

Digo discreto, porque ele existe. Mas não no meio em que você vem para trabalhar. É o que se ouve, mas ninguém diz, pois ninguém se compromete. Se é que você me entende. Quanto à cocaína em específico, nunca conheci ninguém que fizesse uso dela em Dubai.

Geralmente, quem quer consumir drogas, tira férias e vai viajar. Pega um vôo para Índia, Irã (o consumo de maconha e ópio é algo relativamente difundido entre os jovens das grandes cidades iranianas, por vezes mais disponível e aceito que o álcool), Europa, América, ... e depois volta calminho para Dubai.

Dubai é mais aberto neste quesito(ou ocidental?) que a Arábia Saudita, onde não há bares, cinemas ou casas noturnas e o consumo de álcool e qualquer outra droga é proibido e o tráfico punido com pena-de-morte. Interessante que apesar de toda essa rigidez do país vizinho, é recorrente relatos de "festas de portas fechadas" no altos meios, onde o proibido é servido na bandeja (aliás, como em qualquer festa dos extratos sociais que estão acima da lei, não é?). Para que estas festas sejam possíveis, alguns coitadinhos morrem enforcados de vez em quando por tráfico. Mas afinal, quem se importa?

Outra dica é para você fazer a sua quarentena antes de vir para evitar problemas. Exame de sangue é obrigatório para todo estrangeiro na chegada. A polícia também pode te forçar a fazer um exame de sangue em caso de delação. Neste caso, "traços de droga" são suficientes para qualificar o sujeito em 4 anos de xilindró seguido de deportação. Outra coisa interessante é que aqui não existe o conceito de que a moradia do indivíduo é inviolável: se há suspeita, a polícia vai e entra na casa, sem precisar de autorização. Nos jornais há sempre uma notícia de alguém sendo julgado nesta situação.

Bom, é isso. País novo, vida nova: escolha bem suas novas amizades e aproveite para levar uma vida saudável.

Abraços de sheik,

Luís

4 comentários:

Anônimo disse...

indica a comunidade pra galera ai cara

Bjs!
http://www.orkut.com/Main#CommTopics.aspx?cmm=2312520

Anônimo disse...

http://www.orkut.com/Main#CommMsgs.aspx?cmm=2312520&tid=2575424265905325849

Cheia de topicos legais. Adoramos seu blog.

bichinha disse...

caro sheik, sou arquitecta paisagista e estava a pensar ir trabalhar para o dubai, mas a ideia de não poder beber alcool parece-me absurda! como é que eu consigo viver sem um copo de vinho num bar ao fim da tarde de vez em quando?? é mesmo assim?

Ruiva Spectrum disse...

A salamo-a-leikom, Sheik!
Seu blog e sua criatividade são como um oásis no deserto, dá vontade de ler tudo.
Mas como o tempo é curto, parabenizo-te pela iniciativa com carinho; visite o meu blog e deixe um recado lá, se tiver tempo, claro!
Um beijo! SALAM!
ruivaspectrum.blogspot.com