25.12.06

Natal em Dubai

Muita gente está perguntando como é o natal em Dubai, se é permitida a manifestação de outras religiões, etc.

O que tenho a dizer: o pessoal aqui é bem tolerante neste aspecto, e muita gente - indiano budista, árabe cristão, árabe muçulmano - veio desejar feliz natal hoje. Coincidiu com o Natal o DSF - Dubai Shopping Festival, e assim, quem tem compulsões consumistas conseguiu exprimir assim o seu fervor religioso tão comum nesta época.

Nos Emirados Árabes, há igrejas ortodoxas com cultos em armeno, igrejas católicas com missas são em tagalog (para os filipinos) e por aí vai. Tudo bem discreto, nada de demonstração de força de encher estádios.

Há umas censuras babacas e sem sentido, como o selo preto sobre a imagem de Buda no CD do Buddah Bar, ou os cortes nos filmes quando algum personagem diz "Jesus!" e por aí vai. Felizmente não se vai muito além disso.

Para mim, o Natal tem um significado sobretudo de tradição: reunir família, amigos. Repetir isto aqui é uma maneira de se sentir um pouco em casa também.

Foi assim que hoje tivemos uma reunião luso-brasileira.





4 comentários:

Anônimo disse...

Meu filho. Sem dúvida, uma comemoração bem discreta. Longe daquilo que você presenciava em casa. Os seus amigos (e quantos!), os nossos amigos e nossos parentes, enchiam a casa. Que bom! O bate papo ia até altas horas. Esta noite, embora como todos os anos, a sua ausência se fez presente em meu coração. Um pranto silencioso emudeceu a minha voz e no silêncio de minha alma, orei por você. Fique com Deus.
PAI

Thomaz disse...

Fala, Luizão!!

Feliz Natal pra você!!

Abraço

Thomaz

Carlos Eduardo Zorzin disse...

Luisão,

Deixo aqui o meu voto de um Feliz Natal para você!!!
Sei bem que estar longe não é fácil, principalmente nestas horas. Mas tenha em mente que todas as conquistas só vêm com muito esforço.

Abraço,
Carlos E. Zorzin

Gnomalo disse...

E teve até peruzinho? Tá ficando bom, tá ficando bom...